O que você precisa saber sobre a utilização do seguro garantia judicial nas execuções fiscais

O que você precisa saber sobre a utilização do seguro garantia judicial nas execuções fiscais

Escrito por em 11/06/2019

Diante de um cenário recorrente de crise econômica ou mesmo por conta dos muitos entraves para o crescimento das empresas, o risco de uma execução fiscal é uma ameaça a que muitos negócios estão sujeitos. Essa circunstância, em alguns casos, pode até comprometer aspectos operacionais de uma empresa. Por isso, o Seguro Garantia Judicial tem se tornado a melhor saída para evitar esse transtorno.

Neste artigo, você vai ter a oportunidade não apenas de compreender melhor a aplicação desse recurso, como também vai entender porque ele é a solução mais eficiente. Além disso, terá a oportunidade de descobrir o caminho mais seguro para a melhor assistência e consultoria. Continue lendo!

Seguro Garantia Judicial para execuções fiscais

Uma execução fiscal é um recurso processual utilizado pela União, pelos Estados e pelos Municípios, por meio do Poder Judiciário, com a finalidade de receberem eventuais dívidas de contribuintes inadimplentes.

Empresas que se encontram diante de uma execução fiscal normalmente têm um prazo de apenas alguns dias para pagar a dívida ou nomear bens com o objetivo de garantir esse pagamento. Caso isso não ocorra, a justiça pode realizar penhora de créditos online, assim como a penhora do faturamento e demais bens como veículos, imóveis e outros patrimônios.

Como se vê, ações desse tipo podem comprometer seriamente a operação de uma empresa. A melhor forma de evitar isso é a contratação de um Seguro Garantia Judicial.

Essa modalidade de seguro, amplamente utilizada atualmente e regulamentada de forma mais ampla em 2014, abrange cobertura para processos nas áreas cíveis, administrativas, trabalhistas e tributárias. Portanto, é perfeitamente aplicável para os casos de execuções fiscais.

Por que é a melhor solução para sua empresa?

Há muitos motivos que fazem dessa solução a mais adequada para lidar com execuções fiscais.

  • Custo menor

A primeira, e talvez mais importante, é o custo relativamente baixo em comparação com a outra opção, que seria a fiança bancária.

  • Não compromete linhas de crédito

Além da relação custo-benefício incomparavelmente melhor, a opção pelo seguro garantia em execuções fiscais evita que seu crédito fique limitado junto ao banco. Isso pode acontecer no caso de você usar a fiança bancária, o que pode comprometer seu acesso a financiamentos, sem falar nas elevadas taxas de juro dessa alternativa.

  • Segurança na continuidade dos negócios

Outro importante benefício é a segurança e a continuidade operacional do seu negócio durante o processo. Afinal, o seguro reduz o risco de ter a capacidade de investimento e o fluxo de caixa comprometidos em caso de bloqueio ou penhora.

 

Faça agora sua simulação na JSK.

Então entre em contato conosco para conhecer melhor cada seguro.

Você pode pedir uma Simulação Online de Seguro Garantia Judicial conosco, conte com a assessoria de profissionais de excelência em Seguro Garantia Judicial do DF.